Fernando De Noronha – Longe De Casa, Mas Perto Do Paraíso!

Um arquipélago de 21 ilhas paradisíacas, Fernando de Noronha recebe os visitantes do Brasil e do Mundo, em um cenário espetacular e preservado. Anexado ao Estado de Pernambuco, o arquipélago de Fernando de Noronha é o destino de lua de mel preferido dos brasileiros.

Fernando de Noronha está localizado a 525 km de Recife, na costa Nordeste do Brasil. Por ser tão remoto e tão difícil de chegar, sugerimos reservar pelo menos quatro dias para a visita.

As ilhas são compostas por uma grande variedade de flora e fauna, dando uma gama diversificada de atrações. Devido ao sistema de solo raso, os cactos são proeminentes e peculiarmente para uma ilha vulcânica, o mangue vermelho também pode ser encontrado.

A lista de vida das aves marinhas é abrangente, com fragatas, beneditos e atobás mascarados e marrons, para citar apenas alguns.

Os golfinhos-rotadores vivem na Baía dos Golfinhos 80% do ano, as tartarugas marinhas põem seus ovos de janeiro a julho e são protegidas por um projeto de conservação, e mais de 75% de todas as espécies de corais do Brasil podem ser encontradas, incluindo corais estrela e esponjas.

Um Pouco De História

Reza a história que o arquipélago foi descoberto em 1503 pela expedição portuguesa de Gonçalo Coelho, financiada por Fernão de Noronha. No entanto, foi creditado a Américo Vespúcio, um membro italiano da expedição, que fez a primeira descrição das ilhas.

O monge capuchinho francês Claude d’Abbeville visitou em 1612 a caminho do Brasil, onde uma colônia seria fundada. Abandonado, mais tarde foi ocupado pelos holandeses de 1629 a 1635, depois caiu sob o domínio dos franceses de 1705 a 1737.

Foi finalmente tomada pelos portugueses em 1737. Consequentemente, várias fortificações foram construídas, incluindo a fortaleza de Nossa Senhora dos Remédios. Fernando de Noronha se tornaria uma notória prisão para presos políticos.

Expedições científicas como a de Charles Darwin no HMS Beagl, visitada em 1832 – antes de desembarcar em Galápagos três anos depois. O início do século XX viu assentamentos italianos e franceses para fins comerciais e a colocação de cabos submarinos.

Os voos comerciais da Aéropostale ligaram a América do Sul à Europa e África, com as históricas corridas dos aviadores Mermoz e St-Exupéry. Durante a Segunda Guerra Mundial, Noronha tornou-se uma base da Força Aérea dos EUA e um ponto estratégico na frente de guerra africana.

Na continuação, o arquipélago foi administrado pelos militares brasileiros de 1942 a 1988, quando as ilhas foram declaradas Parque Nacional Marinho. O que movimenta a economia hoje é o turismo; Noronha se transformou na ilha de férias dos sonhos dos brasileiros e muitos estrangeiros.

Patrimônio da Humanidade

Fernando de Noronha foi tombado como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 2001. Hoje é legalmente protegido e administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão federal autônomo vinculado à Secretaria de Meio Ambiente.

Além disso, como parte do Plano Diretor, o Atol das Rocas é administrado separadamente como reserva biológica desde 1979 e proibido aos visitantes.

A gestão de Fernando de Noronha envolve turismo, pesquisa, educação ambiental, proteção e monitoramento da biodiversidade. Foi implementado um plano de desenvolvimento sustentável para o Parque Nacional Marinho, com a ajuda da população local, em termos de ecoturismo. A infraestrutura turística é rigorosamente controlada, assim como os locais turísticos.

Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha

Abrangendo cerca de 70% da ilha principal e todo o mar circundante, o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha contém a maioria dos pontos turísticos imperdíveis do arquipélago, incluindo suas três melhores praias e todas as ilhas secundárias.

A entrada no parque é válida por 10 dias e a taxa pode ser paga em dinheiro ou cartão de crédito em um quiosque na Vila dos Remédios, no Centro de Visitantes ou no PIC Golfinho-Sancho e PIC Sueste.

Leve seu passaporte quando for pagar. Um terceiro PIC está em obras na Praia do Leão há tempos, mas continua preso no limbo burocrático. Geralmente também é possível comprar o cartão com dinheiro real no porto das 7h às 9h, se for fazer mergulho ou passeio de barco.

Para até 10 dias a cobrança é de R$ 97 para brasileiros e R$ 195 para estrangeiros; você recebe um cartão de plástico com um código de barras para provar que pagou. Os visitantes precisam apresentar o cartão nos pontos de controle nas trilhas mais populares.

Animais Selvagens Em Fernando De Noronha

A vida selvagem nas ilhas oceânicas é extremamente limitada; os mamíferos são praticamente inexistentes em Noronha, com exceção do rato e do mocó. Este roedor de cor castanha, que se assemelha a uma pequena capivara, foi introduzido pelos primeiros colonizadores e destinado à alimentação.

O tegu preto e branco, um lagarto (Tupinambis merianae) encontrado principalmente na floresta, foi introduzido no nordeste do Brasil na década de 1950 para cuidar de ratos. Tem cerca de 40 cm de comprimento com uma língua bifurcada rosa, como um lagarto monitor. Infelizmente, também ataca pássaros locais e provou ser um predador indesejado na ilha.

Quando Charles Darwin desembarcou em 20 de fevereiro de 1832 (três anos antes de visitar Galápagos), maravilhou-se com a exuberante floresta tropical com magnólias, loureiros adornados com flores delicadas e árvores frutíferas.

Infelizmente, essas florestas originais não existem mais, pois Noronha se tornou uma colônia penal. No final do século 19, a ilha estava quase completamente desmatada. A ilha-prisão formal durou até 1957. Uma lenta recuperação começou em 1988, quando Fernando de Noronha tornou-se Parque Nacional Marinho.

As aves marinhas parecem estar totalmente à vontade nas ilhas. Colônias de atobás-de-pés-vermelhos, tanto nas variedades café quanto nas morfo-brancas, são encontradas nidificando em árvores nos extremos de Noronha.

Atobás marrons (Sula leucogaster) são vistos pescando e mergulhando nas praias do litoral norte. Atobás mascarados (Sula dactylatra), que são de cor branca com bico amarelo, vagam pela costa sul exposta aos ventos alísios.

Outras aves marinhas comuns incluem o noddy preto, a andorinha branca (Gygis alba) e o tropicbird, que tem um bico amarelo e uma longa cauda amarela de penas duplas.

Conservação De Fernando De Noronha

Os projetos de conservação são administrados pelo ICMBio. Além da reserva biológica do Atol das Rocas (137km a oeste de Noronha), que foi criada em 1979 e está vedada à visitação, dois projetos principais se destacam.

O Projeto Tamar de conservação de tartarugas marinhas trata de cinco espécies conhecidas por visitar as ilhas: a tartaruga-verde (Chelonia mydas), a tartaruga-de-pente, a tartaruga-comum (Caretta caretta), a tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea) e a tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea).

No entanto, apenas os dois primeiros são comumente vistos nas águas de Noronha. O outro projeto diz respeito ao golfinho-rotador (Stenella longirostris), que tem uma população residente na Baía dos Golfinhos, uma baía isolada a noroeste da ilha.

Um mirante é acessível aos visitantes que chegam de manhã cedo para observar os golfinhos brincando e brincando na baía. Passeios guiados programados são oferecidos pelo escritório do parque.

Algumas Das Principais Atrações Em Fernando De Noronha

Golfinhos-rotadores

Se você acordar cedo e pegar um táxi até o Mirante dos Golfinhos, poderá ver a alegre exibição dançante da mais densa população de golfinhos do mundo. Perto do nascer do sol, enormes grupos de golfinhos-rotadores de repente fizeram uma performance – não há outra palavra para isso – com centenas deles deslizando pelas ondas em formação cerrada, seus corpos cinzentos e lustrosos pulando e mergulhando.

Eles ganharam esse nome porque muitas vezes saltam da água para girar descontroladamente no ar como bailarinos aquáticos, às vezes até caindo em cambalhotas no ar.

Além dos golfinhos, a vida selvagem da ilha também inclui uma miríade de espécies de aves, desde o atobá marrom e elegante andorinha branca até várias garças e pelicanos diferentes.

Excursões e Trilhas Em Fernando De Noronha

Uma série de trilhas (trilhas) estão disponíveis para o visitante independente do Parque Nacional Marinho. Alguns deles não podem ser realizados livremente e exigem marcação prévia, pois são conduzidos em horários específicos por um guia licenciado do ICMBio.

A maioria dessas trilhas leva a praias ou mirantes de interesse e tem de 15 minutos a até três horas de duração.

Várias agências também oferecem passeios privativos com transporte próprio, ou até mesmo cruzeiros para mergulho com snorkel ou observação de golfinhos.

Brasileiros abastados costumam optar por alugar “buggies” coloridos e chamativos para o dia, dividindo-os com os amigos, o que lhes dá autonomia e sensação de despreocupação, a um custo de R$ 300 a 350 por dia (Sim, bastante salgado).

No entanto, para o viajante independente com orçamento limitado, é possível pegar gratuitamente o Coletivo (omnibus), que atravessa a ilha de nordeste (Porto) a sudoeste (Sueste) pela BR-363.

Forte dos Remédios

Facilmente o mais bem preservado dos fortes portugueses da ilha, o Forte dos Remédios merece uma visita e tem excelentes vistas do topo da Vila dos Remédios. No momento da redação deste artigo, o forte estava no meio de um lento processo de restauração; é provável que uma pequena taxa de admissão seja cobrada assim que estiver concluída.

Museu a Céu Aberto da Tartaruga Marinha

Sediado no Centro de Visitantes da Vila do Boldró, este museu a céu aberto tem exposições sobre tartarugas marinhas do Projeto Tamar (www.tamar.org.br), uma ONG que trabalha para proteger tartarugas marinhas ameaçadas de extinção, além de um Tamar balcão de informações e loja.

Melhores Praias De Fernando De Noronha

Baía do Sancho

A faixa de areia mais deslumbrante de uma ilha de praias magníficas, a Baía do Sancho é uma enseada protegida de águas turquesas brilhantes apoiadas por falésias cobertas de floresta. O difícil acesso em que os visitantes devem descer as falésias em uma série de escadas ou chegar de barco – só aumenta o fator uau! Depois de finalmente você pôr os pés em suas areias macias e sedosas.

Praia do Leão

A mais selvagem das três grandes praias de Noronha, a ampla e acidentada Praia do Leão, é talvez o lugar que melhor encapsula o impressionante isolamento de Noronha. É um longo trecho de areia dourada com águas azuis gradualmente escurecendo que chegam a um par de ilhas rochosas ao largo da costa.

No continente uma praia dessa qualidade estaria repleta de vendedores de água de coco e coquetéis, mas aqui está quase sempre vazia.

Baía dos Porcos

A diminuta Baía dos Porcos é a menor das praias emblemáticas de Noronha e tem apenas 30m de areia dourada dividida por rochas vulcânicas escuras voltadas para águas fantasticamente coloridas.

Oferece panoramas sensacionais do Morro Dois Irmãos e águas mansas para banho. O acesso só é possível na maré baixa, pois é necessário atravessar um promontório da vizinha Praia Cacimba do Padre.

Praia da Cacimba do Padre

Fernando De Noronha - Wiki (2)

A principal praia para surfar na ilha de Fernando de Noronha, a Praia da Cacimba do Padre é conhecida por ter algumas das melhores ondas de todo o extenso litoral do Brasil. Também conhecida como Praia da Quixaba, é uma das maiores praias da ilha.

Com areias brancas e vista para os morros conhecidos como Morros Dois Irmãos, a temporada de surf vai de dezembro a março, quando as ondas chegam a cinco metros de altura. Durante este período, a ilha recebe vários festivais e competições de surf, que valem a pena ficar de olho.

Praia do Meio

Situada em uma área de costa curva que forma uma baía fechada ao norte de Fernando de Noronha, a Praia do Meio é uma praia popular para banho e surf, com ondas grandes o suficiente para valer a pena trazer uma prancha, mas pequena o suficiente para permitir tomar banho e surfar.

Significado do nome “Praia do Meio”, o motivo é que fica entre as praias do Cachorro e da Conceição, a Praia do Meio pode ficar lotada. Portanto, esta não é uma das melhores praias de Fernando de Noronha para quem procura tranquilidade ou solidão.

Baía do Sueste

Localizada na costa sudeste de Fernando de Noronha, a Baía do Sueste é uma excelente praia para quem viaja em grupo com gostos muito variados. As areias limpas e macias agradarão a qualquer pessoa de qualquer idade.

Os amantes da natureza vão adorar o fato de que a Baía do Sueste abriga o único mangue da ilha, e os aficionados por história com a existência de um forte holandês datado do início do ano 1600.

Abaixo das ondas, a Baía do Sueste também tem alguns dos melhores mergulhos de Fernando de Noronha. Tartarugas marinhas, tubarões, raias e uma infinidade de peixes coloridos de recife podem ser facilmente vistos, enquanto também há um bom número de locais de mergulho designados para aqueles com certificação PADI.

Os Melhores Restaurantes De Fernando De Noronha

Mesa da Ana

O time de marido e mulher Ana (formada em Cordon Bleu) e Rock (excêntrico artista residente de Noronha) atendem apenas oito a 10 pessoas por noite nesta joia rústica da ilha.

As refeições pesadas de peixe de quatro pratos são servidas em um cenário maravilhoso da ilha. Certifique-se de chegar a tempo para evitar perder o primeiro curso e observe que é apenas em dinheiro.

Não há menu avançado: Ana segue o que dita a captura local, e você descobrirá o que é quando se sentar à longa mesa comunal! Delicioso.

Restaurante Varanda

Uma das opções de luxo com melhor custo-benefício, a uma curta distância da maioria das pousadas, a Varanda é um lugar despretensioso com um cardápio variado que inclui uma boa seleção de carnes e frutos do mar, além de massas, saladas e risotos. A moqueca e o camarão com quiabo são excelentes.

Restaurante Zé Maria

Localizado dentro do hotel de mesmo nome, este restaurante sofisticado é famoso em todo o Brasil por seu espetáculo de buffet de frutos do mar a R$ 230 à vontade nas noites de quarta e sábado (é necessário fazer reserva). O próprio proprietário Zé Maria pesca uma boa quantidade do peixe.

A maioria dos vegetais nos pratos aqui – e de fato servidos em outros restaurantes ao redor da ilha – vem da impressionante fazenda hidropônica do hotel.

Restaurante Mergulhão

Mergulhão faz pleno uso de seu local arejado com vistas estupendas sobre o porto, enquanto seu cardápio mediterrâneo com um toque brasileiro é um dos mais inovadores de Noronha.

Experimente a assinatura peixe crocante (peixe crocante recheado com camarão, queijo e palmito) ou o arroz do amado (arroz de polvo grelhado com queijo coalho, caju e tomate fresco).

Restaurante Tricolor

Gerenciado por uma equipe de marido e mulher trabalhadora, este lugar simples ao ar livre na estrada principal de Boldró oferece saborosa comida caseira baiana a preços razoáveis.

O menu é pequeno e maioritariamente marisco, com moquecas (peixe cozinhado em tacho de barro) e especialidades de pratos de arroz. Os clientes individuais podem pedir meias placas de qualquer um dos pratos principais.

Restaurante Recanto da Graça

Esta simples barraca azul nas areias da Praia do Porto serve pratos de peixe frito a bom preço, ótimas sopas e cervejas geladas. A estrela do show é o caldo de polvo robusto (sopa de polvo) – adicione algumas gotas de molho de pimenta e suas propriedades de ressaca são fenomenais.

Pizzaria Namoita

O emigrante paulista Mauricio Vilela faz o possível para recriar a pizza paulistana, e faz um bom trabalho na logística de Noronha. Favoritos como cearense (linguiça moída apimentada com chillis e mussarela) são servidos em um ambiente atmosférico sob as árvores em seu quintal.

Empório São Miguel

O melhor de alguns restaurantes por quilo nos Remédios, o Empório São Miguel ao ar livre tem uma boa seleção de pratos que mudam diariamente e geralmente incluem frango, peixe, massas, sushi e saladas. Também tem à la carte de qualidade, juntamente com pizzas à noite.

Açaí e Raízes Noronha

Moradores e turistas observam as pessoas da varanda desta loja que é boa para açaí, tapioca e sanduíches frescos. Eles também oferecem uma refeição diária mais substancial, café da manhã e sopa à noite e há produtos assados ​​para viagem. Bom wi fi.

Palhoça da Colina

Um banquete sob uma cabana de palapa com tapetes de tatame e travesseiros, no quintal de uma casa local. O rodízio de grelhados do dia (barracuda, atum ou cavala) é servido em folhas de bananeira, com ótimos acompanhamentos, como salada de rúcula e manga, e farofa de banana (farinha de mandioca salteada). Há um máximo de 20 pessoas por noite; são necessárias reservas (com depósito de 50%).

Bebidas E Vida Noturna Em Fernando De Noronha

Bar Duda Rei

A única barraca de praia de verdade de Noronha tem um cenário fabuloso sob algumas palmeiras, com o Morro do Pico se erguendo atrás. Também serve comida boa.

Bar do Meio

O mais badalado dos bares de Noronha, o Bar do Meio fica no promontório que divide a Praia do Meio e a Praia da Conceição. Adiciona um toque de Ibiza à vibe nordestina e é um bom

lugar para tomar um drink com vista para o Morro do Pico durante o dia ou conferir a música ao vivo à noite.

Também prepara boas refeições e é provavelmente o único bar de praia do Nordeste que abastece o Dom Pérignon.

Bar do Cachorro

O famoso ‘Bar do Cachorro’ ao ar livre é o polo – na verdade o único local – da vida noturna de Noronha. É ocupado todas as noites, mas realmente lotado de quinta a domingo. Há música para dançar a partir das 22h30, incluindo forró ao vivo às sextas e sertanejo aos sábados, e saxofonista ao pôr do sol durante a semana.

Os Melhores Hotéis E Pousadas Em Fernando De Noronha

Vila Hostel

Em um edifício histórico do século 18, o primeiro albergue de Noronha é confortável e acolhedor, mas a principal razão para ficar aqui são os proprietários enérgicos, que fazem de tudo para garantir que seus hóspedes tenham uma experiência completa na ilha.

Graciela é uma historiadora que o deixará atualizado com a cultura local, enquanto o triatleta Pedro adora guiar os hóspedes ao ar livre.

As restrições do patrimônio significam que há apenas um banheiro compartilhado e os quartos privativos não têm janelas, mas o dormitório espaçoso e luminoso oferece as camas de melhor valor na ilha.

Pousada Maravilha

A melhor pousada em uma ilha de luxo, Maravilha é um refúgio de luxo com apenas um punhado de bangalôs empoleirados em uma encosta com vista para a Bahia Sueste. Há um restaurante de serviço completo e os panoramas da piscina infinita são de primeira classe. É caro, mas você não encontrará esse nível de conforto nem essas vistas em nenhum outro lugar da ilha.

Pousada Naiepe

Com apenas cinco quartos solidamente construídos na esquina da estrada principal, esta charmosa pousada conquista os viajantes com sua relação custo-benefício e atenção aos detalhes. Possui um lindo pátio e jardim com redes e há uma boa cozinha para uso dos hóspedes. Quando chegam, Duda, que fala inglês, e Edilene são pilares da hospitalidade.

Pousada do Vale

A Pousada do Vale é uma das pousadas mais orientadas para os serviços da ilha. Os quartos não são tão sofisticados quanto os preços sugerem, mas são luminosos e bem equipados com toques de design, incluindo mantas nordestinas (mantas coloridas). Fica num vale tranquilo e arborizado, a poucos passos da Villa dos Remédios e da água.

Casa Conceição

Uma das únicas pousadas da ilha na areia, este aconchegante lugar de três quartos parece uma residência particular exclusiva em uma das melhores localizações de Noronha. Os quartos confortáveis ​​abrem-se para uma ampla varanda onde é servido o pequeno-almoço. Na frente é uma área de jardim convidativa com um churrasco para uso dos hóspedes.

Beco de Noronha

Com toques eco-artesanal pitorescos (como caminhos curtos feitos de garrafas viradas) e funcionários encantadoramente prestativos, o Beco construído em madeira é uma boa escolha para uma estadia confortável em uma localização central na ilha. Bônus: há um banho de ofuro japonês no jardim!

Casa do Gerson

Uma das duas únicas pousadas na areia de Noronha, esta acomodação básica de três quartos tem um excelente valor considerando sua localização procurada. Os quartos são simples, mas confortáveis, com ar-condicionado split e portas de correr de vidro para a água. Se ouvir as ondas quebrando à noite é mais importante para você do que luxo ou serviço atencioso, este é o seu lugar.

O bar de praia anexo é um bom lugar para tomar uma bebida e também serve refeições.

Pousada da Praia

A poucos passos da dramática Praia da Conceição, esta pequena pousada de cinco quartos no prédio histórico da antiga empresa de TV a cabo italiana oferece alguns dos quartos à beira-mar de melhor valor na ilha. As proteções históricas impedem a alteração de alguns detalhes de janela infelizmente pequenos ou estranhos, mas, caso contrário, você encontrará muito conforto.

Três quartos têm vista para o mar, mas mesmo que você não pegue um, há uma boa área comum na varanda.

Pousada Zé Maria

O luxuoso Zé Maria possui quartos espaçosos em madeira e uma vista deslumbrante para o Morro do Pico a partir da sua piscina. Embora seja difícil criticar os quartos, jardins encantadores ou funcionários simpáticos e profissionais, é importante notar que é um hotel grande e popular que realmente não oferece o esplêndido isolamento que muitos procuram na ilha.

Ilha Hostel

Com uma localização privilegiada em frente à igreja e perto da Praia do Cachorro, no coração da Vila de Remédios, este albergue all-dorm bem administrado é uma ótima opção econômica. As instalações são claras e limpas, incluindo a cozinha espaçosa e a área social, e há bicicletas gratuitas para uso dos hóspedes.

Casa de Mirtes

Acomodações simples e limpas em uma acolhedora casa particular decorada com arte local peculiar; embora seja sem serviços (café da manhã e limpeza do quarto), você pode usar a cozinha e churrasqueira no jardim. Não se fala inglês, mas os anfitriões acolhedores fazem de tudo para que os hóspedes se sintam em casa.

Pousada Teju-Açu

Localizada quase embaixo do Morro do Pico, a Pousada Teju-Açu é uma pousada bem gerida, de design peculiar, com um bom restaurante. Os quartos são espaçosos e bastante elegantes, com banheiros minúsculos, mas camas enormes, e há uma agradável área de piscina com deck de madeira.

Pousada Morro do Pico

Não é grande em caráter, mas este lugar de gerência familiar à saída da estrada principal oferece quartos espaçosos e modernos a preços justos. Tem wi-fi rápido (para Noronha) e oferece bons descontos quando as coisas estão lentas. A desvantagem: a equipe pode ser excessivamente casual e pode ser barulhenta.

Pousada Marazul

A Pousada Marazul tem quartos pequenos, mas arrumados numa casa adaptada, preços moderados e bom serviço, tornando-o numa escolha sólida.

Pousada Golfinho

Outrora a pousada econômica da ilha, Golfinho tem nova administração e os preços dispararam para praticamente os mesmos quartos com uma nova camada de tinta. Há um novo deck na frente com vista para a estrada, mas um valor melhor agora pode ser encontrado em outro lugar.

Melhor Época Para Visitar Fernando De Noronha

Se você insiste em sol constante para sua visita, vá entre setembro e dezembro, quando não terá chuva e temperaturas muito quentes. Se você estiver disposto a arriscar a ocasional tempestade feroz, encontrará temperaturas (e preços) ligeiramente mais baixas entre maio e julho.