31 Melhores e Mais Belos Lugares Para Você Visitar na Suíça

A Suíça tem de tudo! De paisagens alpinas de tirar o fôlego a aldeias fascinantes que parecem terem surgidos de um conto de fadas. Para a deslumbrante beleza natural da Suíça, vão viajantes de todo o mundo.

A Suíça oferece algo para todos, não importa o tipo de férias que você deseja. Por onde você deseja começar?

As altas montanhas cobertas de neve dos Alpes, vales exuberantes, lagos azuis cintilantes e lindos chalés à beira do lago proporcionam à nação um certo apelo que nenhum outro lugar pode oferecer – mas por onde você deve começar?

Hoje Vamos Falar Sobre Os Melhores Lugares Para Visitar Na Suíça.

Com esta lista, você pode visitar a bela nação em toda a sua beleza e esplendor. A Suíça, é um daqueles países com diferentes atrações, todas amontoadas em um só pacote, para viajantes de todo o mundo.

Certifique-se de ler este post até o final. Dessa forma, você pode embalar seu itinerário cheio de diversão na Suíça.

Melhores Coisas Para Fazer E Lugares Para Visitar Na Suíça

Lucerna

Lucerna - Suíça

Esta cidade medieval tem pontes cobertas, passeios à beira-mar, edifícios históricos com afrescos e praças ensolaradas com fontes borbulhantes – tornando-se um ponto turístico popular e espetacular.

Lucerna é famosa por seus concertos de música, atraindo renomados solistas, maestros e orquestras para o Festival Internacional de Música anual no Centro de Convenções e Cultura.

Marcos históricos, como a Ponte da Capela e os monumentos do Leão, atraem as pessoas, mas os aficionados por história terão muitos outros pontos turísticos para ver, especialmente no Museu Suíço do Transporte.

Lucerna está situada ao longo do Lago Lucerna e fica no sopé dos Alpes, cercada por montanhas. O lago é alimentado pelo Reuss, que flui dos Alpes Urner, e deságua no Luzernerschlucht.

O lago tem vários braços, dos quais os mais proeminentes são o Urnersee a oeste e o Zugersee a leste. O Lago Lucerna é um destino turístico popular, especialmente para os interessados ​​em esportes aquáticos ou caminhadas nas montanhas próximas.

Lucerna é um destino repleto de teleféricos icônicos tanto no Monte Pilatus quanto no Rigi. Existem vários sistemas de teleféricos que ligam Lucerna às montanhas circundantes.

Sugerimos que você pegue o bilhete Golden Round Trip até o topo do Monte Pilatus, que inclui um passeio de barco no lago, um passeio no trilho de cremalheira mais íngreme do mundo e um passeio de teleférico até o pico da montanha.

Grindelwald

Muitos vêm embarcar na excursão Jungfraujoch com muitas delícias para descobrir.

Com sua incrível jornada até o cume, no entanto, há muitas outras coisas para fazer que devem levá-lo a Grindelwald como destino. Há sempre muito a oferecer neste cenário deslumbrante durante todo o ano.

Isso não é para subestimar a beleza das trilhas nas montanhas, céu azul claro e pastagens verdes brilhantes que envolvem os belos arredores, a charmosa cidade Suíça, a excelente culinária local e muito mais.

Para muitos, há o First Glider, dando-lhe a chance de deslizar sobre as montanhas em uma incrível experiência de tirolesa de 800m, descendo a 83 km/ph com segurança presa e acessível como uma águia, perfeita para famílias com crianças que procuram uma experiência de aventura uma vez na vida.

Você não vai querer perder tudo o que Grindelwald tem a oferecer e vai querer mergulhar o máximo que puder.

Lauterbrunnen

De longe, um dos destinos mais populares em toda a Suíça. Lauterbrunnen é a porta de entrada para a região de Jungfrau e é conhecida como o Vale das 72 Cachoeiras.

As altas paredes rochosas e muitas cachoeiras servem a pequena cidade como uma cidade de trânsito para Mürren, Wengen, Jungfraujoch e Schilthorn, mantendo-a movimentada e cheia de turistas durante todo o ano.

Também é livre de carros, oferecendo uma experiência de caminhadas, enquanto você atravessa as cachoeiras deslumbrantes, trilhas para caminhadas e aldeias deslumbrantes.

Zurique

Como a maior cidade da Suíça, centro de transporte central (e um ponto alto para muitos viajantes), Zurique é amada por pessoas em todo o mundo. Além da fachada limpa e organizada da cidade, esta afluente capital bancária possui uma incrível linha de tesouros culturais.

Você pode começar um fantástico passeio a pé pelas ruas de paralelepípedos da Cidade Velha, com lojas, cafés e galerias que impressionam.

Há a Bahnofstrassee, com 1,6 km de extensão, que possui uma das áreas de compras mais deliciosas da Europa, acenando com ótimas butiques de grife que vendem joias, moda e relógios.

O Lago Zurique é um dos maiores lagos da Suíça e oferece muito o que fazer para os turistas. De passeios de barco e pesca a natação e caminhadas, há algo para todos que visitam este lago incrível.

As vistas das montanhas ao redor são de tirar o fôlego, e o lago é um ótimo lugar para relaxar e apreciar a beleza da Suíça.

Existem mais de 100 galerias e 50 museus para quem procura enriquecimento cultural, como o Museu Nacional Suíço, além de muitas outras exposições emocionantes, como o Zoológico de Zurique ou um passeio de trem pela cidade e pelo campo até a Montanha Uetliberg. Não importa o viajante que você é, Zurique reserva algo fascinante para você.

Berna

Fincada em uma península do Rio Aare, a capital Suíça de Berna, exala o charme do velho mundo, e o centro histórico medieval da cidade é um renomado Patrimônio Mundial da UNESCO.

Esteja você passeando pela rua de paralelepípedos ou explorando a catedral mais alta do país, há muito o que fazer e ver.

Não perca o Zytglogge, uma torre do relógio medieval que apresenta bonecos em movimento únicos, ou o Rosengarten, que oferece belas vistas do centro antigo da cidade.

Há muitas atrações turísticas esperando para serem descobertas em Berna. Os amantes da arte apreciarão as impressionantes galerias e os mercados, onde você pode ver melhor o elegante edifício do parlamento em estilo renascentista ou o Bear Park, ideal para famílias.

Interlaken

Interlaken está localizada no sudoeste do país, entre o Lago Thun a oeste e o Lago Brienz a leste. É um dos refúgios de verão mais populares da Suíça.

No meio da cidade, você encontrará Höhematte, uma maravilha do planejamento urbano com mais de 14 hectares de espaço aberto cercado por hotéis, cafés e jardins de flores que tornam a área tão única e amada.

Os poderosos picos de Eiger, Mönch e Jungfrau se elevam acima da cidade, oferecendo excelentes oportunidades para aventuras alpinas, incluindo caminhadas, escaladas, rapel e caiaque ao redor do vale, tornando esta, uma das melhores coisas para fazer na Suíça para aventuras ao ar livre.

Enquanto esqui, snowboard e parapente são atrações populares, dependendo da estação, isso não é tudo. Você também pode admirar de baixo subindo a bordo de um barco a vapor e navegando pelos lagos.

Genebra

A cidade de Genebra fica entre belos picos nevados no ponto em que o Rhône desemboca no Lago Genebra, que é o maior lago alpino da Europa, abrangendo a fronteira suíço-francesa.

Esta “capital da paz” de língua francesa é a sede europeia da ONU, exalando uma agradável mistura de alegria de viver francesa e estrutura Suíça. Entre os passeios, parques e jardins ao redor do Lago Genebra, a cidade velha é um local encantador e histórico perfeito para passear.

Atrações culturais para quem procura incluir a Opera House e o Grand Théâtre, que abrigam apresentações internacionais.

St. Moritiz

Para a melhor vida noturna, o resort número um na Suíça para o brilho e glamour é St. Moritiz. Saint Moritz tem uma variedade de atividades emocionantes, uma grande variedade de lojas e toneladas de ótimas oportunidades para o Apres Ski. Se você quer ver e ser visto, St. Moritiz é um dos melhores lugares para se visitar na Suíça no inverno.

Houve também dois jogos Olímpicos de Inverno realizados aqui. Faça uma interessante viagem de inverno Suíço a St. Moritz esquiando, praticando snowboard, trilhas de esqui cross country ou andando com raquetes de neve pelas montanhas.

Fontes minerais em St. Moritz ajudaram a impulsionar o turismo em 1800 e hoje é uma das estações de esqui mais populares do mundo, conhecida por suas montanhas consistentemente cobertas de neve.

Um dos melhores lugares para ficar em St. Moritz é o Kempinski Grand Hotel des Bains, que fica bem na praia do Lago St. Moritz. Este luxuoso hotel de cinco estrelas tem tudo que você possa imaginar e desejar, desde um spa e centro de bem-estar a um casino, bem como uma grande variedade de restaurantes.

Esta cidade é uma ótima opção se você também deseja fazer uma viagem de um dia ao Parque Nacional Suíço.

Zermatt

Zermatt, por si só, é um excelente destino, ainda mais considerando as encostas de Matterhorn que tornam o destino tão único.

Durante todo o ano, as encostas apresentam a magnífica beleza da sua paisagem e natureza, perfeitas no inverno para praticantes de snowboard ou esquiadores ou caminhantes no verão.

Há uma trilha de montanha para ciclistas de Winkelmatten até Furi, e o centro de Zermatt Alpin oferece guias para os alpinistas durante todo o ano.

Entre as vistas deslumbrantes, a encantadora cidade montanhosa e muito o que fazer – Zermatt vale o esforço e fará sua viagem valer a pena.

Lugano

Perto o suficiente da Itália para manter um certo toque mediterrâneo enquanto permanece essencialmente suíço, Lugano é um destino eclético com muitos visitantes e uma mistura perfeita de Alpes suíços e italianos.

A cidade está situada no Lago Lugano, que é um lago glacial localizado na fronteira da Suíça e da Itália. Situa-se aos pés dos Alpes e está rodeado por montanhas magníficas.

O Lago Lugano é um destino turístico popular e oferece muitas atividades, como natação, canoagem, pesca e windsurf. O lago também abriga uma variedade de espécies de pássaros e é um local popular para observação de pássaros.

Se você está procurando paz e relaxamento, belas paisagens, adrenalina e emoções, comida deliciosa ou cultura refinada.

Mais conhecido por combinar a eficiência Suíça com o encantador charme Italiano, em um belo lago alpino que se estende ao longo das margens íngremes de ambos os países.

Você pode escalar uma montanha e praticar windsurf no mesmo dia, comer em uma galeria de arte, saborear alguns vinhos locais diretamente de seus produtores e descobrir uma rica cultura local – você sairá de Lugano mudado e enriquecido com a experiência.

Jungfraujoch

Uma das coisas mais populares na bela Bernese Oberland é a viagem de trem para o “Topo da Europa”, o Jungfraujoch – a montanha mais alta da Europa. Tem um terraço de observação que leva você ao que parece ser o topo do mundo – a 3.454 metros de altura.

Este é também o início da maior geleira da Europa, e a região é um Patrimônio Mundial da UNESCO. A Trilha Eiger começa na Estação Glaciar Eiger e sobe ao longo das rochas no sopé da face norte até Alpiglen, onde termina.

A maneira mais popular de chegar ao topo de Jungfrau é pela estação Grindelwald.

Você pegará uma ferrovia de cremalheira que sobe pelo flanco nordeste do Jungfrau, fazendo várias paradas ao longo do caminho, incluindo Kleine Scheidegg. A subida de duas horas é uma experiência inesquecível com vistas deslumbrantes.

Parque Nacional Suíço

O Parque Nacional Suíço abriu suas portas em 1914 no Vale Engadiner. O Parque Nacional Suíço é uma das reservas naturais mais antigas da Europa, localizada ao longo da fronteira italiana e (acredite ou não!) é o único parque nacional da Suíça.

Aproximadamente 175 quilômetros quadrados de cavidades, margens de rios que fluem rapidamente e cavernas de calcário estão inclusos dentro dos limites do parque.

Durante o inverno, quando a montanha da floresta deste parque nacional está coberta de neve, é ainda mais espetacular. Os visitantes que apreciam a natureza vão adorar explorar esses enormes caminhos; no entanto, eles devem evitá-los para proteger o ambiente natural e o habitat.

Lake Constance

O Lago de Constança é um lago no país da Suíça, situado na região noroeste da Suíça. Tem dois nomes: Bodensee e Lake Constance.

É um dos lagos mais enormes da Terra e o terceiro maior da Europa. Este vasto lago faz fronteira com a Suíça, Alemanha e Áustria.

Este lindo cenário à beira do lago é um sonho tornado realidade para todos os entusiastas do ar livre. Atividades de esportes aquáticos, trekking, patinação e ciclismo estão entre os mais populares entre os turistas de todo o mundo. Esta é a sua chance de fazer uma viagem a essas águas azuis.

Spiez

Spiez é uma aldeia exuberante na península do Lago Thun, perto do centro da cidade. A cidade tem um aspecto lindo no verão, quando sua vegetação está no auge. É um belo resort à beira do lago cercado por colinas e vinhedos.

O caráter rural (e vinho) de Spiez na Suíça o torna um lugar fantástico para dar uma parada. As magníficas montanhas Suíças o cercam cuidadosamente, mantendo-o protegido da brisa fria.

A bela vegetação luxuriante e as vinhas combinam bem com os tons de azul. Vinho e outras iguarias locais estão disponíveis, bem como peixes de água doce.

A Linha Ferroviária Albula-Bernina

A Ferrovia Bernina é uma linha férrea nos Alpes suíços orientais, cruzando a passagem de Bernina.

Liga o vale de Chur, no cantão de Grisões, com o de Poschiavo, no cantão de Ticino. Em 15 de outubro de 1910, a linha foi inaugurada. O ponto mais alto da ferrovia é o pico do Omisalp a 2.253 metros acima do nível do mar.

A linha ferroviária Albula-Bernina, que é um Patrimônio Mundial da UNESCO é uma das rotas de trem mais belas do mundo. O trem percorre 122 quilômetros pelas colinas de Albula e Bernina e passa por mais de cem pontes e túneis.

As vistas panorâmicas de um assento panorâmico de paisagens montanhosas intocadas fazem parte da experiência com esses trens. Os trens circulam o ano todo, e a vista é tão deslumbrante tanto no verão quanto no inverno.

Lago Oeschinen

O Lago Oeschinen é um dos lugares mais subestimados da Suíça e definitivamente merece uma visita. Cercado por paisagens montanhosas intocadas, as águas cristalinas oferecem oportunidades para nadar, passear de barco e pescar.

Está localizado no Vale Kander, na Suíça, onde três montanhas o cercam e um riacho alimentado por geleiras o alimentam. Nadar, remar, caminhar e andar de tobogã de 3,5 quilômetros estão entre as coisas favoritas a se fazer.

A área circundante também é excelente para caminhadas, esqui e snowboard. Há algo para todos neste belo local.

A pequena cidade vizinha de Kandersteg, que abriga cerca de 1.300 pessoas, apresenta um estilo único que inclui telhados de madeira multicoloridos e vitrais.

O Matterhorn

Matterhorn é de longe um dos melhores lugares para se visitar na Suíça e por boas razões. Cervinia, na Itália, é a cidade mais próxima da montanha e está ligada a Zermatt por um túnel.

Alpinistas de todas as partes tentam atingir o cume do Matterhorn; embora não seja a montanha mais fácil de escalar, é uma das montanhas mais fotografadas do mundo e um ótimo local para os amantes da natureza.

O Matterhorn foi apresentado em muitos filmes, incluindo “The Great Escape” e “Where Eagles Dare”. É também um dos destinos turísticos mais populares da Europa, com mais de 350.000 visitantes por ano.

As vistas ao cume são deslumbrantes, e a experiência é aquela que você nunca esquecerá.

O Matterhorn pode ser acessado de carro, trem ou ônibus. A cidade mais próxima da montanha é Cervinia, na Itália, que está conectada a Zermatt, na Suíça, por um túnel.

Castelo de Oberhofen

O impressionante Castelo de Oberhofen, localizado na bacia norte do Lago Thun e datado do século XII, é um dos melhores da Suíça. Há 2,5 hectares de jardins neste castelo do século XII que fica a uma curta distância do Lago Thun.

Devido a mudanças de propriedade no castelo de Oberhofen ao longo da história, bem como danos de várias guerras, o castelo foi reconstruído muitas vezes.

Hoje, o castelo Oberhofen é um luxuoso hotel e restaurante com vista para o lago. É o lugar perfeito para ficar se você quiser experimentar umas férias de conto de fadas na Suíça.

The Rhone Glacier

A Geleira Rhone é a maior geleira dos Alpes depois da Geleira Aletsch. Está localizado no cantão de Valais e cobre uma área de cerca de 15 quilômetros quadrados. A geleira está recuando desde meados do século 19, e há preocupações de que ela possa desaparecer completamente dentro de algumas décadas.

Apesar do declínio da geleira, ainda é uma das atrações turísticas mais populares da Suíça. A melhor época para visitar é de junho a setembro, quando o clima é quente e a geleira é facilmente acessível.

Stein Am Rhein

Stein am Rhein é certamente um dos destinos mais impressionantes da Suíça. Quando se trata de descanso e relaxamento, Stein am Rhein é um dos melhores lugares para se visitar na Suíça.

A Cidade Velha medieval com lindas ruas de paralelepípedos nesta cidade é simplesmente encantadora e muito popular entre os visitantes.

A cidade também abriga um grande número de galerias de arte e museus, incluindo o Kunstmuseum Stein am Rhein, que exibe obras da Idade Média até os dias atuais. Há algo para todos nesta charmosa cidade às margens do Rio Reno.

Montreux

Montreux está localizada às margens do Lago Genebra. A cidade tem vista para a paisagem de tirar o fôlego ao seu redor, situada perfeitamente nos Alpes suíços. Montreux tem residências medievais.

A cidade abençoada reflete a beleza surreal da literatura do século 18, onde a paz pode ser encontrada em cada esquina. Com uma vista surreal da paisagem verdejante, a cidade à beira do lago de Montreux é um dos melhores lugares para se visitar na Suíça.

A cidade abriga o celebrado Festival de Jazz, que acontece todo mês de julho. Os visitantes vêm de todo o mundo para desfrutar da música e da atmosfera. Montreux também é um ótimo lugar para fazer compras, com uma grande variedade de lojas que vendem de tudo, desde souvenirs suíços até marcas de luxo.

Lausanne

Lausanne não é uma cidade grande, mas definitivamente vale a pena ver durante as férias.

Lausanne está localizada perto do Lago Genebra, e as regiões montanhosas ao redor abrigam florestas alpinas e lagos, onde você pode admirar antigas estruturas históricas. Sua variada mistura cultural com as artes fez de Lausanne uma cidade maravilhosa para os entusiastas da história.

Não haverá problema em encontrar um lugar para passear e tirar fotos. As ruas de pedestres estão sempre ocupadas por moradores e visitantes, pois a cidade também abriga uma grande população universitária. Lausanne oferece uma arquitetura maravilhosa, vida noturna agitada e belos passeios à beira-mar no Lago Léman.

Gruyères

Gruyères é um município do distrito de Gruyère, no cantão de Friburgo, na Suíça. A pequena cidade é mais conhecida por seu castelo, que remonta ao século 13, e pelo queijo Gruyère que é produzido na região.

A cidade de Gruyères está localizada em uma colina acima do vale do rio Sarine. É um destino turístico popular, e os visitantes vêm para ver o castelo, a fábrica de queijos e os museus. A cidade também é o lar de uma série de lojas e restaurantes.

Gruyères é um belo lugar para se visitar, com suas ruas e edifícios medievais e vistas deslumbrantes dos Alpes. A cidade vale bem a pena uma visita, e há muito para ver e fazer.

Appenzell

Appenzell é um município no cantão de Appenzell Innerrhoden, na Suíça. É a capital do cantão e tem uma população de cerca de 15.000 habitantes. A cidade está localizada no sopé dos Alpes e é um destino turístico popular.

Appenzell é conhecida por sua cultura e arquitetura tradicionais. A cidade tem vários museus, incluindo o Museu Appenzellischer Bauernkrieg, que conta a história da guerra camponesa de 1653. Há também várias igrejas e capelas na cidade, incluindo a Basílica de Sankt Martin.

Appenzell é uma bela cidade com arquitetura tradicional e história fascinante. Vale a pena uma visita para qualquer pessoa interessada na cultura Suíça.

Villars-Sur-Ollon

Villars-Sur- Ollon, um resort de luxo deslumbrante localizado em uma varanda ensolarada no sul do Vale do Reno, oferece vistas espetaculares de Dan du Midy, Mont Blanc e o Lago Genebra.

Há 25 quilômetros do Premier Snow Park e 44 quilômetros de pistas de esqui nesta linda vila montanhosa e resort de luxo. Ele também tem três parques de neve, uma escola ao ar livre para trenós de neve e uma área de tobogã.

Para aqueles que querem fazer uma pausa no esqui, o resort oferece muitas outras atividades, como caminhadas, escaladas, mountain bike, cavalgadas, golfe e tênis. Existem também vários spas e centros de bem-estar onde você pode relaxar e rejuvenescer.

Villars-Sur-Ollon é o lugar perfeito para desfrutar de umas férias luxuosas e relaxantes nos Alpes Suíços.

Crans-Montana

Crans-Montana é uma estância de esqui mundialmente famosa localizada na região de Valais, na Suíça.

O resort está situado em um planalto a uma altitude de 1.500 metros e possui um total de 137 quilômetros de pistas de esqui. É também a casa do Crans-Montana Golf Club, que é um dos clubes de golfe mais prestigiados da Europa.

Crans-Montana é um destino turístico popular para esqui, golfe e caminhadas. O resort tem uma série de hotéis, restaurantes e lojas. É também o lar de uma série de eventos e festivais, como o Crans-Montana Jazz Festival e o Crans-Montana Classic car show.

Crans-Montana é um lindo resort com algo para todos. Se você está procurando um lugar para esquiar, jogar golfe ou simplesmente relaxar, Crans-Montana é o destino perfeito.

Wengen

As belas aldeias do Bernese Oberland são uma das atrações mais populares e melhores lugares para se visitar na Suíça. Wengen é um exemplo impressionante de uma comunidade montanhosa aninhada nos penhascos arborizados do Vale Lauterbrunnen. É uma bela vila alpina Suíça conhecida por seus chalés de madeira e hotéis belle époque.

Desde então, tornou-se uma cidade turística livre de carros com uma atmosfera exclusiva de alta qualidade e uma fantástica variedade de atividades oferecidas.

Em Wengen, você pode desfrutar de vistas deslumbrantes das montanhas Eiger, Mönch e Jungfrau. Há muitas atividades para mantê-lo ocupado, como caminhadas, mountain bike, golfe e natação. Você também pode relaxar em um dos muitos spas e centros de bem-estar da cidade.

Wengen é o lugar perfeito para relaxar em um cenário tradicional de cidade turística e apreciar a beleza dos Alpes Suíços. Esta área abriga alguns dos melhores hotéis de toda a Suíça.

A Abadia de St. Gall

A Abadia de St. Gall é outro destino declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e vale a pena ser visitado ao visitar a Suíça – é imperdível para os amantes da história. O visitante ficará intrigado com a antiga biblioteca da Abadia de St. Gall, que está entre as bibliotecas mais visitadas do mundo.

As estruturas do mosteiro são magníficas, datando do século VIII. É um local fantástico para esquiar no inverno e fazer caminhadas no verão.

A Abadia de St. Gall é imperdível para os amantes da história e qualquer pessoa interessada na cultura Suíça. É um belo local com uma rica história, e vale bem a pena uma visita.

Davos

A aldeia mais alta da região alpina, bem como um centro médico nas alturas, assim é Davos. Apesar da fama de ser o ponto de encontro das Nações Unidas, o município tem várias atividades recreativas de inverno na Suíça, tornando-se também a estação de esqui mais alta da Suíça.

Os turistas podem escolher entre uma variedade de empresas, restaurantes e acomodações agradáveis ​​no centro da cidade. Além disso, existem inúmeras alternativas para apres-ski, vida noturna e eventos.

Davos é um ótimo lugar para se visitar se você estiver procurando por uma cidade de grande altitude com muitas atividades para mantê-lo ocupado. A cidade abriga algumas das melhores pistas de esqui da Suíça, e há muitos restaurantes, bares e opções de vida noturna disponíveis.

Davos também é um ótimo lugar para se visitar se você estiver interessado na cultura e história Suíça. Esta cidade é uma ótima opção se você também deseja fazer uma viagem de um dia ao Parque Nacional Suíço.

Ao visitar Davos, há uma série de ótimos lugares para ficar. A cidade tem uma série de hotéis, restaurantes e bares, e há algo para todos.

Se procura um hotel de luxo, o Kempinski Grand Hotel des Bains é uma excelente escolha. Se você procura algo mais acessível, o albergue da juventude Suíça Davos é uma ótima opção.

Basel

Basileia é a maior cidade da Suíça e é considerada a capital cultural do país. A cidade tem uma longa história que remonta ao Império Romano e tem sido um importante centro cultural há séculos. Hoje, Basileia abriga vários museus e galerias de arte, bem como uma vibrante vida noturna.

Basileia é um ótimo lugar para se visitar se você estiver interessado na cultura e história Suíça. A cidade tem muito a oferecer em termos de museus e galerias de arte, e há muitos bares e restaurantes para mantê-lo entretido. Basileia também é um ótimo lugar para se visitar se você estiver procurando por uma vida noturna vibrante.

Grand Canyon Suíço

O Ruinaulta é um longo trecho de desfiladeiros cercado por enormes prados, falésias e florestas.

As geleiras do Reno da Idade do Gelo incrustaram o vale do rio há mais de um milhão de anos, desencadeando uma série de eventos que resultaram em pedregulhos maciços colidindo com um desfiladeiro rochoso. Os rios desciam nas rochas, criando um desfiladeiro e resultando em corredeiras.

O Grand Canyon Suíço é um ótimo lugar para se visitar se você estiver procurando por uma emocionante experiência de rafting. O desfiladeiro está cheio de corredeiras e pedras enormes, e é um ótimo lugar para explorar os Alpes suíços.

Há uma série de ótimos lugares para se hospedar no Grand Canyon Suíço, e cada um oferece sua própria experiência única.

Alguns dos melhores lugares para se hospedar incluem Wengen, Davos e Basileia. Essas cidades estão todas localizadas perto do cânion e oferecem uma variedade de atividades e comodidades.

Como planejar uma viagem para a Suíça

Ao planejar uma viagem à Suíça, há algumas coisas que você precisa levar em consideração sobre este belo país. A primeira coisa que você precisa fazer é decidir em que época do ano você quer visitar. A Suíça tem um clima temperado, por isso é confortável visitar o ano todo.

No entanto, algumas partes do país são mais populares durante certas épocas do ano. Por exemplo, as estações de esqui nos Alpes são mais movimentadas durante o inverno, enquanto a região do Lago Genebra é mais popular durante o verão.

A próxima coisa que você precisa fazer é decidir quanto tempo você quer ficar. Se você está planejando passar apenas alguns dias na Suíça, provavelmente vai querer ficar em uma ou duas regiões principais. No entanto, se você planeja passar uma semana ou mais na Suíça, precisará planejar um pouco mais para garantir que verá tudo o que deseja ver.

Depois de decidir quando e para onde quer ir, o próximo passo é começar a planejar seu itinerário. Quando se trata de turismo, a Suíça tem muito a oferecer. Algumas das atrações turísticas mais populares incluem o Matterhorn, a região de Jungfrau, o Lago Lucerna e os Alpes Suíços.

Se você estiver interessado em experimentar um pouco da cultura mais exclusiva do país, considere visitar uma das muitas pequenas aldeias que pontilham o campo.

Qual é o melhor mês para visitar a Suíça?

Embora haja muitas coisas para fazer na Suíça, a melhor época para visitar é entre abril e novembro, a menos que você seja um entusiasta de esportes de inverno. A melhor época para visitar a Suíça para esportes de inverno é de novembro a março.

A região tem estações muito distintas com toneladas de atividades e atrações disponíveis durante todo o ano. As flores alpinas florescem nas árvores de março a maio, e o gado migra para os pastos. É uma visão bonita de se ver, pois parece que a beleza natural das montanhas ganha vida após os invernos com neve.

Quais são os destinos de férias de verão mais populares na Suíça?

Alguns dos locais de férias mais populares na Suíça são: Lucerna, Genebra, Berna e os destinos de fuga como Chateau de Chillon e Zermatt. Todos esses lugares oferecem algo diferente para os visitantes, então vale a pena conferir alguns locais diferentes para ver o que mais lhe agrada.

Qual é o Cantão mais lindo da Suíça?

O cantão mais bonito da Suíça é provavelmente o Cantão Ticino, localizado no sul do país. O cantão abriga algumas das paisagens montanhosas mais impressionantes da Suíça, bem como belos lagos e vilarejos encantadores.

Alguns dos lugares mais populares para visitar no Cantão Ticino incluem Lugano, Locarno e Ascona. Se você está procurando um destino bonito e relaxante na Suíça, definitivamente vale a pena considerar o Cantão Ticino.

Outro belo cantão para visitar na Suíça é o Cantão de Berna, localizado no noroeste do país. O cantão abriga algumas paisagens alpinas deslumbrantes, bem como várias vilas encantadoras e atrações históricas interessantes.

Alguns dos lugares mais populares para visitar no cantão de Berna incluem a capital Berna, a região de Jungfrau e o belo Lago Thun. Se você está procurando um destino cênico e histórico na Suíça, definitivamente vale a pena considerar o Cantão de Berna.

Considerações finais

Há tantos lugares incríveis para visitar na Suíça que é difícil escolher apenas alguns! Estes são alguns dos meus favoritos, mas há muito mais de onde eles vieram.

Se você quiser experimentar tudo o que a Suíça tem a oferecer, recomendo visitar o maior número possível de lugares diferentes. Você não ficará desapontado em visitar este icônico país europeu.

Perguntas frequentes

Quais são os melhores lugares para visitar na Suíça?

Há muitos lugares para visitar na Suíça, mas alguns dos mais populares incluem Zermatt, Genebra, Lucerna e Interlaken. Cada destino tem suas próprias atrações distintas que o tornam um destino popular para os turistas.

Esteja você procurando vistas deslumbrantes das montanhas, vilarejos lindos à beira do lago ou vida urbana vibrante, a Suíça é um ótimo lugar para explorar e aproveitar uma variedade de atividades ao ar livre.

Vale a pena visitar a Suíça no verão?

De abril a agosto, a “temporada de turismo” de verão da Suíça dura em todo o país, embora nas alturas dos Alpes, termine em junho.

Os altos verões (julho-agosto) são uma época maravilhosa para visitar: ótimo clima, sem queda de neve nas trilhas alpinas, longas horas de luz até as 21:00 e horários ocupados de passeios e atividades ao ar livre.

Quais são as melhores coisas para fazer na Suíça?

A Suíça é um país que é um destino perfeito para entusiastas de aventura e atividades ao ar livre, com sua combinação de lagos glaciais, Alpes rugindo e vales verdes. Caminhadas, ciclismo, esqui, caiaque e rafting são atividades populares na Suíça.

Além disso, o país abriga várias vilas encantadoras e atrações históricas que o tornam um ótimo destino para quem deseja explorar a cultura e a história da Suíça.


Veja Também: Montanha Matterhorn – Dicas Para Uma Excursão Inesquecível!